A fronteira dos invisíveis

Em 30 de agosto de 2018 17:55

Maria da Conceição dos Santos Arrais, natural de São Vicente Férrer – Maranhão, lançou, no último dia 28/08, a obra A fronteira dos invisíveis, durante o VI Congresso Internacional de Núcleo de Estudos das Américas, que teve como tema: América Latina e o Mundo Globalizado, na Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ.

O trabalho decorre da transformação em livro de sua Monografia no curso de especialização em “Fé e Política” realizado em Brasília. Na obra, Maria da Conceição Arrais, relata a saga  de 30 (trinta) jovens vicentinos que trabalharam em canaviais de São Paulo e Minas Gerais, em condições análogas às condições de escravo. 

A partir de uma visão sociopolítica e educativa, a autora analisa a carência gerada na vida rural, especialmente na Baixada Maranhense, fomentadora da escassez de trabalho, que leva o pai de família aos canaviais da região sudeste. Fenômeno este que se verifica em outros estados e são desencadeadoras do êxodo rural.

Com a sensação de dever cumprido por estar dando sua parcela de contribuição para denunciar e combater o flagelo do êxodo rural, bem como as condições degradantes de trabalho a que seus conterrâneos são submetidos, Maria se emociona e declara: “Confesso que estou vivendo dias de muita emoção e expectativa! De fato, um projeto ousado, porque não contava que fosse possível concretizá-lo!” 

Os livros chegarão a São Luís no início de setembro e estarão disponíveis para venda na Livraria AMEI no São Luís Shopping.