Ana Creusa despede-se da presidência do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense

Em 29 de setembro de 2019 1:52

Mediante discurso reproduzido abaixo, Ana Creusa Martins dos Santos, que ocupou o cargo de Presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense (FDBM), no biênio 2017-2019 deixa o cargo e dá posse à nova diretoria eleita. O FDBM é um exemplo de organização, pautada pelo respeito e amor à Baixada, cujos membros utilizam os seus valores pessoais e profissionais para trabalhar em prol da região. Segue abaixo o discurso:

Boa tarde a todos,

Inicio minhas breves palavras de despedida da Presidência do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense (FDBM) com a frase premonitória de Joãozinho Ribeiro na ocasião da minha aposentadoria do serviço público e que consta no Livro Ecos da Baixada que diz: As pessoas constroem em torno de si seus espaços de existência, com suas singularidades, porém nunca sozinhas. Estas palavras ficaram cunhadas em minha mente e quando recebi o convite para participar do FDBM, não tive dúvidas em aceitar o convite, participei da fundação, fiz parte do corpo da Diretoria, por bondade dos irmãos forenses, nome carinhoso que designamos os componentes do Fórum.

O Fórum estava muito bem, sob a batuta corajosa e decidida do seu idealizador e 1º Presidente, que não pretendia concorrer à reeleição, assim como eu neste momento. Convidou-me a concorrer à eleição para Presidente. Eu, imediatamente, recusei por estar em tratamento de saúde. Pude ver (não sei se somente eu) a tristeza nos olhinhos do amigo.

Estava decidida a não aceitar, ou melhor, não podia! Porém, estava incomodada com a recusa do desafio, que não fazia parte da minha biografia. Nesse processo, pensei em meu pai, que havia falecido naquele ano de 2017. Eu acreditei que ele me aconselharia a aceitar o desafio. Não sei se não era hora de recuar, eu não percebi e aceitei. Tive que pedir licença devido a complicações no tratamento. Depois retornei e continuei o trabalho, cuja retrospectiva vocês estão acompanhando.

Tivemos inúmeras dificuldades, aquelas típicas de sociedades sem fins lucrativos. Tentei implantar a gestão compartilhada. Juntamos as câmaras temáticas em projetos, que são: 1) Academias na Baixada; 2) Bosques na Baixada; 3) Diques da Baixada; 4) Turismo na Baixada e 5) Desenvolvimento Institucional. Mediante portaria foram nomeados os gestores e gestores adjuntos para todos os projetos. Promovemos encontros na Baixada, como em Matinha e a Confraternização em Viana que foi considerada a “Confraternização dos Sonhos”.

Já formam constituídas duas academias sob as diretrizes do FDBM: Matinha e Peri-Mirim e estão em andamento São João Batista e Bequimão, que peço à nova diretoria que dê prioridade, pois levo essa pendência, pois não foi possível avançar, por muitas razões, que não cabe aqui declinar. O projeto Bosques na Baixada renderam o Bosque Paricás em Paricatiua e reserva de uma área em Matinha.

Dentro do projeto Desenvolvimento Institucional, fizemos confraternizações, pré-carnaval para os baixadeiros, vista a municípios e participação em diversos eventos.

O Selo Editorial FDBM já lançou 5 livros: Ecos da Baixada; Serões na Baixada do Maranhão; Na Asa de um Colibri; 2ª Edição de Curiosidades Históricas de Peri-Mirim e 2ª edição do Dicionário do Baixadês.

Conseguimos aprovar a lei municipal e estadual que transporta o FDBM em entidade de utilidade pública.

Agradeço imensa e carinhosamente a Diretoria do FDBM que se despede com a sensação de dever cumprido, apesar de todos os percalços, por nós vivenciados pela nossa gestão. Nossa Gratidão a Deus e a todos os forenses, parceiros e amigos.

Queremos dar as boas-vindas à 3ª Diretoria eleita do FDBM, sob a Presidência de João Batista Martins que considero um presente para o Fórum da Baixada, pois, além do seu exímio preparo técnico é um ser humano especial, agregador e humano que, cuja disponibilidade em aceitar o desafio só pode ser fruto de Oração.

E, como palavra final queremos dizer que “renovar não é destruir, é respeitar os fundamentos”. É com base nesses princípios que o FDBM, apesar da tenra idade, já acumula obras. Primeiro porque constrói suas obras preservando e adaptando as experiências acumuladas. Passaremos todos os documentos à nova Diretoria em data e horário marcados.

Com estas palavras, entrego a direção do FDBM à nova diretoria eleita formada por:

DIRETORIA DO FÓRUM EM DEFESA DA BAIXADA MARANHENSE – Eleita para o Biênio 2019 – 2021

PRESIDENTE: João Batista Martins

1º VICE-PRESIDENTE: Expedito Nunes Moraes

2º VICE-PRESIDENTE: Antônio Lobato Valente

1º PRESIDENTE DE HONRA: Wewman Flávio Andrade Braga

2º PRESIDENTE DE HONRA: Ana Creusa Martins dos Santos

1º SECRETÁRIO: David Dérik Aguiar Cutrim

2º SECRETÁRIO: Alexandre Ayrton Muniz de Abreu

1º TESOUREIRO: Estela Cristina Lima Ribeiro Ferreira

2º TESOUREIRO: Marlilde Mendonça Abreu

CONSELHO FISCAL, MEMBROS EFETIVOS:

Jaílson Mendes Mota

José Ribamar Gusmão Araújo

João Muniz Silveira

CONSELHO FISCAL, MEMBROS SUPLENTES:

Deuzenir Costa Carneiro Szekeresh

João Carlos da Silva Costa Leite

Flaviomiro Silva Mendonça.

Aos quais dou posse e desejo sucesso na gestão. O futuro o Fórum em Defesa da Baixada Maranhense está em suas mãos. Passo a palavra ao atual Presidente, João Batista Martins, digno Presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.